ranking10

Cúpula anuncia finalistas do IV Ranking Cúpula da Cachaça

Posted by | Blog | No Comments

A Cúpula da Cachaça anuncia a Seleção dos Especialistas: as 50 cachaças finalistas do IV Ranking Cúpula da Cachaça. A seleção mostra a riqueza e diversidade da produção brasileira. Rótulos de 11 estados estão entre as top 50. Essas cachaças vão para a terceira e definitiva fase do Ranking, a Degustação às Cegas.

A Cúpula parabeniza aos produtores e colaboradores responsáveis pelas cachaças finalistas e a todos os demais profissionais envolvidos com os 918 rótulos que foram citados na Votação Popular do IV Ranking Cúpula da Cachaça.

A Degustação às Cegas acontece de 6 a 8 de março, na Cachaçaria Macaúva, em Analândia (SP). Nos dias de realização da Cúpula, a Cachaçaria Macaúva estará funcionando normalmente e todas as pessoas que quiserem confraternizar com os cúpulos são bem-vindas.

A variedade de sabores do destilado nacional se fez presente entre as 50 cachaças que foram selecionadas por um painel com 52 dos maiores especialistas no nosso destilado. Eles fizeram a seleção, tendo por base o resultado da primeira fase do Ranking, a Votação Popular, que teve início em setembro e apontou as 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil. No total, foram 99 mil indicações de cachaça.

De posse da lista das 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil, os jurados tiveram 40 dias para degustar, refletir e indicar as suas cachaças favoritas. Os votos foram muito dispersos, refletindo a qualidade das cachaças envolvidas.

Agora, as 50 cachaças da Seleção dos Especialistas serão degustadas pelos 12 integrantes da Cúpula da Cachaça em baterias de 5 a 6 cachaças cada durante o oitavo encontro anual do grupo.

A novidade dessa edição é a divisão da premiação em três categorias:

a) cachaças que não passam por madeira;

b) cachaças armazenadas e envelhecidas

c) cachaças premium e extra-premium.

As 50 finalistas serão divididas pelas categorias e ranqueadas dentro do seu conjunto. A cachaça que receber maior pontuação, independente da categoria, receberá o título de Cachaça do Ano.

As duas atuais campeãs do Ranking Cúpula da Cachaça são a Princesa Isabel Aquarela, de Linhares (ES), e a Vale Verde 12 Anos, de Betim (MG).

A Vale Verde 12 Anos, com 88,4 pontos, numa escala de zero a cem, recebeu o título de ‘Cachaça do Ano’ em 2018.

Na semana seguinte à degustação, o Paladar Estadão publicará com exclusividade o resultado final do IV Ranking Cúpula da Cachaça.

O Ranking tem apoio da Solution Comercial e da Cachaçaria Macaúva, além do Paladar Estadão.

selo ranking cupula 2020

Finalistas do IV Ranking Cúpula da Cachaça

1000 MONTES 3 AOB

Faria Lemos-MG

AMADA GRÁPIA Dias D’Ávila – BA
ANÍSIO SANTIAGO/ HAVANA Salinas – MG
BEM ME QUER OURO Pitangui – MG
BEM ME QUER PRATA Pitangui – MG
CAIALUA PRATA Formosa – GO
CANARINHA Salinas – MG
CARAÇUIPE EXTRA PREMIUM Campo Alegre – AL
CASA BUCCO EXTRA PREMIUM VI Bento Gonçalves – RS
CLAUDIONOR Januária – MG
COLOMBINA 10 ANOS Alvinópolis – MG
COLOMBINA CRISTAL Alvinópolis – MG
COMPANHEIRA ENVELHECIDA 8 ANOS Jandaia do Sul – PR
COQUEIRO PRATA Paraty – RJ
DO ANJO Santa Rita de Caldas – MG
DOM BRÉ PREMIUM AMBURANA Guarani – MG
DOM BRÉ EXTRA PREMIUM CARVALHO Guarani – MG
ENGENHO SÃO LUIZ AMENDOIM Lençóis Paulistas – SP
ENGENHO SÃO LUIZ EXTRA PREMIUM CARVALHO Lençóis Paulistas – SP
GOGÓ DA EMA SUBLIME São Sebastião – AL
LEANDRO BATISTA Ivoti – RS
LEBLON SIGNATURE MERLET Patos – MG
MAGNÍFICA RESERVA SOLEIRA Miguel Pereira – RJ
MATO DENTRO PRATA São Luiz do Paraitinga – SP
MATRIARCA BLEND 4 MADEIRAS Caravelas – BA
MATRIARCA JAQUEIRA Caravelas – BA
MIDDAS RESERVA DOS PROPRIETÁRIOS Adamantina – SP
MINEIRIANA CARVALHO 40% Itabira – MG
PARDIN 3 MADEIRAS Natividade da Serra – SP
PRINCESA ISABEL AQUARELA Linhares – ES
PRINCESA ISABEL OURO Linhares – ES
PRINCESA ISABEL PRATA Linhares – ES
SANHAÇU FREIJÓ Chã Grande – PE
SANHAÇU ORIGEM Chã Grande – PE
SANTO GRAU CORONEL XAVIER CHAVES Cel. Xavier Chaves – MG
SANTO GRAU P.X. Itirapuã – SP
SAPUCAIA 18 ANOS Pirassununga – SP
SEBASTIANA 2 BARRICAS Américo Brasiliense – SP
SEBASTIANA CARVALHO SINGLE BARREL Américo Brasiliense – SP
SEBASTIANA CASTANHEIRA Américo Brasiliense – SP
SÉCULO XVIII (RÓTULO AZUL) Cel. Xavier Chaves – MG
SOLEDADE IPÊ Nova Friburgo – RJ
TIÊ PRATA Aiuruoca – MG
UNNA Salinas – MG
VECCHIO ALBANO EXTRA PREMIUM Torrinha – SP
VOLÚPIA DIAMANTE Alagoa Grande – PB
WEBER HAUS 7 MADEIRAS Ivoti – RS
WEBER HAUS EXTRA PREMIUM 6 ANOS Ivoti – RS
WERNECK RESERVA ESPECIAL Rio das Flores – RJ
WIBA! BLEND DE CARVALHOS Torre de Pedra – SP

A Seleção dos Especialistas foi feita pelos seguintes defensores da cachaça:
Aline Bortoletto – pesquisadora da Esalq/USP

Altino Farias – escritor e proprietário da Embaixada da Cachaça, em Fortaleza (CE).

Ana Carolina Corrêa – pesquisadora da Esalq/ USP

Ana Laura Guimarães – Gestora do aplicativo Cachaciê, de Belo Horizonte (MG)

André Ricardo Alcarde – Professor da Esalq/ USP

Bruno Videira – Criador do movimento Viva Cachaça

Carlos Lima – Diretor executivo do Ibrac

Carlos Mussarela – Proprietário do Restaurante Mussarela, em Duque de Caxias, RJ

Cauré Portugal – Diretor da Smart Yeast

Cecilia Helena – Especialista em embalagens e criadora do canal ‘Louca da Cachaça’

Cesar Adames – Consultor, professor e especialista em destilados

Cláudia Fernandes – Ex-presidente da Confraria do Copo Furado, do Rio de Janeiro.

Deise Novakoski – Sommelière e consultora na área de bebidas.

Denise Marcolino – Jornalista e criadora do canal 365pingas

Elen Lopretti – Sommelière

Eliana Girardello – Sommelière da Vô Milano, de Curitiba (PR)

Enaldo Lopes – Proprietário da Cachaçaria Trilha Real, em Belo Horizonte (MG)

Gerson Souza – Jornalista

Gilberto Freyre Neto – Secretário de Cultura do Estado de Pernambuco

Guiba Monteiro – Vice-presidente da Confraria Paulista da Cachaça

Guto Nodari – Sommelier e membro da Confraria Gaúcha da Cachaça

Illan Oliveira – Diretor da distribuidora Solution Comercial

Isadora Bello Fornari – Sommelière
Jairo Martins – Escritor, consultor e conferencista

Marcel Rattes – Proprietário da loja ‘Eu Amo Cachaça’, de Brasília (DF)

José Alberto Kede – Professor e ex-presidente da Confraria de Cachaça Copo Furado, do Rio de Janeiro (RJ)

José Darci Pereira Soares – Ex-presidente da Confraria Gaúcha da Cachaça

Kelly Costa – Criadora do site Caipirinha Prendada

Laércio Zulu – Bartender e militante da Cachaça

Leszec Wedzicha – Especialista e ativista da Cachaça na Europa

Lethicia Suzigan Corniani – Pesquisadora da Esalq-USP

Luis Claudio Fernandes – Sommelier e especialista em destilados

Luisa Saliba – Proprietária da Rota do Acarajé, de São Paulo-SP

Marcelo Moschetti – Sócio da Cachaçaria Macaúva, em Porto, Portugal

Marcelo Serrano – Bartender do Venuto, em São Paulo (SP)

Marco De La Roche – Bartender e criador do site Mixology News

Mauro Holanda – Fotógrafo e militante da cachaça

Ornella Boulhossa – Bartender e propietária da Butique da Cachaça, em São Paulo (SP)

Osvaldo Bernadino Junior – Proprietário da Distribuidora Savana, em Belo Horizonte (MG)

Paula Braga Batista – Técnica do Instituto Mineiro de Agricultura (IMA)

Paulo Carvalho – Bartender do Mocotó, em São Paulo (SP)

Peter Armstrong – Cúpulo honorário, jornalista e especialista em mercado internacional

Priscila Mallmann – Sommelière

Rogélio Brandão – Pesquisador UFOP

Rafael Sá – Proprietário da loja Drink It, de Belo Horizonte (MG)

Rafael Araújo – Sócio da loja virtual Cachaçaria Nacional, de Belo Horizonte (MG)

Rosane Ferreira – Presidente da Confraria de Cachaça Copo Furado, do Rio de Janeiro (RJ)

Sérgio Rabello – Proprietário do Galeto Sat’s, do Rio de Janeiro (RJ)

Walter Garin – Professsor e bartender do Shake Speakeasy Bar, no Rio de Janeiro (RJ)

Yansel Galindo – Proprietário do Café do Bom, Cachaça da Boa, do Rio de Janeiro (RJ)

Zeca Meirelles – Proprietário da ProDrinks, em São Paulo (SP)

Cúpula da Cachaça anuncia especialistas da 2ª fase do IV Ranking

Posted by | Blog | No Comments

ranking IV logo
A Cúpula da Cachaça anuncia os nomes que comporão o painel de jurados responsável pela Seleção dos Especialistas do IV Ranking Cúpula da Cachaça.

Serão esses profissionais apaixonados e profundos conhecedores da Cachaça os encarregados de destilar a lista das 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil, fermentada pela Votação Popular que atraiu mais de 33 mil votantes.

Do trabalho desses especialistas sairá o elenco de 50 rótulos que vai compor o IV Ranking Cúpula da Cachaça. Cada jurado terá até o próximo dia 25 de janeiro para entregar as suas indicações. As cachaças mais citadas passam à fase final. Os integrantes da Cúpula não votarão nessa fase.

A fase final, que definirá as posições no Ranking, é a Degustação às Cegas, que se dará nos dias 6, 7 e 8 de março, na Cachaçaria Macaúva, em Analândia (SP). Dessa fase, participarão exclusivamente os membros da Cúpula da Cachaça.

O resultado será publicado na quinta-feira, 12 de março, pelo caderno Paladar, do jornal Estado de S. Paulo.

O IV Ranking Cúpula da Cachaça tem o apoio da Solution Comercial, do Paladar Estadão e do Chalé e Cachaçaria Macaúva.

Agradecemos a colaboração desse time de brilhantes profissionais que passamos a listar – pessoas que trabalham diariamente, dedicando o melhor de seus esforços à valorização da cachaça e à profissionalização e desenvolvimento do nosso mercado.

Aline Bortoletto – pesquisadora da Esalq/USP

Altino Farias (2)

Altino Farias

Altino Farias – escritor e proprietário da Embaixada da Cachaça, em Fortaleza (CE).

Ana Carolina Corrêa – pesquisadora da Esalq/ USP

Ana Laura Guimarães – Gestora do aplicativo Cachaciê, de Belo Horizonte (MG)

André Ricardo Alcarde – Professor da Esalq/ USP

Bruno Videira – Criador do movimento Viva Cachaça

Carlos Lima – Diretor executivo do Ibrac

Carlos Mussarela – Proprietário do Restaurante Mussarela, em Duque de Caxias, RJ

Cauré Portugal – Diretor da Smart Yeast

Cecilia Helena – Especialista em embalagens e criadora do canal ‘Louca da Cachaça’

Cesar Adames – Consultor, professor e especialista em destilados

Cláudia Fernandes – Ex-presidente da Confraria do Copo Furado, do Rio de Janeiro.

Deise Novakoski – Sommelière e consultora na área de bebidas.

Denise Marcolino – Jornalista e criadora do canal 365pingas

Elen Lopretti – Sommelière

Eliana Girardello – Sommelière da Vô Milano, de Curitiba (PR)

Enaldo Lopes – Proprietário da Cachaçaria Trilha Real, em Belo Horizonte (MG)

Fabio La Pietra – Bartender do SubAstor, em São Paulo (SP)

Gerson Souza – Jornalista

Gilberto Freyre Neto – Secretário de Cultura do Estado de Pernambuco

Gilberto Freyre Neto

Gilberto Freyre Neto

Guiba Monteiro – Vice-presidente da Confraria Paulista da Cachaça

Guto Nodari – Sommelier e membro da Confraria Gaúcha da Cachaça

Illan Oliveira – Diretor da distribuidora Solution Comercial

Isadora Bello Fornari – Sommelière

Jairo Martins – Escritor, consultor e conferencista

Marcel Rattes – Proprietário da loja ‘Eu Amo Cachaça’, de Brasília (DF)

José Alberto Kede – Professor e ex-presidente da Confraria de Cachaça Copo Furado, do Rio de Janeiro (RJ)

José Darci Pereira Soares – Ex-presidente da Confraria Gaúcha da Cachaça

José Moisés Moura – Criador do Museu da Cachaça, em Lagoa do Carro (PE)

Kelly Costa – Criadora do site Caipirinha Prendada

Laércio Zulu – Bartender e militante da Cachaça

Leszec Wedzicha – Especialista e ativista da Cachaça na Europa

Lethicia Suzigan Corniani – Pesquisadora da Esalq-USP

Luis Claudio Fernandes – Sommelier e especialista em destilados

Luisa Saliba

Luisa Saliba

Luisa Saliba – Proprietária da Rota do Acarajé, de São Paulo-SP

Marcelo Moschetti – Sócio da Cachaçaria Macaúva, em Porto, Portugal

Marcelo Serrano – Bartender do Venuto, em São Paulo (SP)

Marco De La Roche – Bartender e criador do site Mixology News

Mauro Holanda – Fotógrafo e militante da cachaça

Nina Bastos – Bartender e sócia do Jiquitaia, em São Paulo (SP)

Ornella Boulhossa – Bartender e propietária da Butique da Cachaça, em São Paulo (SP)

Osvaldo Bernadino Junior – Proprietário da Distribuidora Savana, em Belo Horizonte (MG)

Paula Braga Batista – Técnica do Instituto Mineiro de Agricultura (IMA)

Paulo Carvalho – Bartender do Mocotó, em São Paulo (SP)

Peter Armstrong – Cúpulo honorário, jornalista e especialista em mercado internacional

Priscila Mallmann – Sommelière

Rogélio Brandão – Pesquisador UFOP

Rafael Sá – Proprietário da loja Drink It, de Belo Horizonte (MG)

Rafael Araújo – Sócio da loja virtual Cachaçaria Nacional, de Belo Horizonte (MG)

sérgio rabello

Sérgio Rabello

Rosane Ferreira – Presidente da Confraria de Cachaça Copo Furado, do Rio de Janeiro (RJ)

Sérgio Rabello – Proprietário do Galeto Sat’s, do Rio de Janeiro (RJ)

Walter Garin – Professsor e bartender do Shake Speakeasy Bar, no Rio de Janeiro (RJ)

Yansel Galindo – Proprietário do Café do Bom, Cachaça da Boa, do Rio de Janeiro (RJ)

Zeca Meirelles – Proprietário da ProDrinks, em São Paulo (SP)

Cúpula anuncia lista das 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil

Posted by | Blog | No Comments

ranking10A Cúpula apresenta a relação das 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil, escolhidas pelo voto popular, que vão para a segunda fase do maior concurso de cachaças do país.

Foram 75 dias de votação na primeira das três fases do IV Ranking Cúpula da Cachaça, iniciativa que busca dar visibilidade e fomentar a produção de qualidade do destilado nacional brasileiro.

No dia 28 de novembro, a votação, feita exclusivamente pelo site da Cúpula, foi fechada, contabilizando 33.144 votantes, que fizeram um total de 99.102 indicações (cada pessoa podia votar em até três cachaças).

Mais de 970 cachaças – entre as mais de 3,6 mil registradas – atraíram pelo menos um voto dos devotos do destilado brasileiro.

A lista com as 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil, resultante desse processo, representa a variedade de sabores tão característica da categoria Cachaça e comprovam como a produção de qualidade cada vez mais se espalha pelo país.

Nada menos que 17 estados de todas as regiões brasileiras estão representados, desde os produtores mais tradicionais, como Minas Gerais e Paraíba, até os que despontam agora em termos nacionais, como Maranhão e Acre. E ainda Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Pernambuco, Piauí, Alagoas, Rio Grande do Norte, Pará, Ceará e Goiás.

De Ivoti a Caicó, de Rio das Contas a Abaetetuba, praticamente todo o Brasil está presente entre as 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil, desde as branquinhas às envelhecidas por anos em barris de carvalho ou de madeiras brasileiras, como a umburana e a jaqueira.

AS 250 CACHAÇAS MAIS QUERIDAS DO BRASIL

1000 MONTES 3 AOB  FARIA LEMOS MG
1000 MONTES 3AOB STRONG FARIA LEMOS MG
1000 MONTES BRUTA FARIA LEMOS MG
51 RESERVA RARA PIRASSUNUNGA SP
7 CAPELAS ITAVERAVA MG
7 ENGENHOS CARVALHO QUISSAMÃ RJ
7 ENGENHOS CEREJEIRA QUISSAMÃ RJ
7 ENGENHOS ESPECIAL QUISSAMÃ RJ
7 ENGENHOS PRATA QUISSAMÃ RJ
ÁGUA DE ARCANJO SINGLE OURO MAQUINÉ RS
ÁGUA DE ARCANJO SINGLE PRATA MAQUINÉ RS
ALAMBIQUE BRASIL OURO ORTIGUEIRA PR
ALAMBIQUE DE MINAS OURO OURO BRANCO MG
AMADA DIAS DÁVILA MG
ANÍSIO SANTIAGO/ HAVANA SALINAS MG
AROMA DA SERRA CARVALHO AREIA PB
AROMA DA SERRA CRISTAL AREIA PB
AROMA DA SERRA UMBURANA AREIA PB
ARRETADA CARVALHO SOBRADO PB
AUTHORAL OURO BRANCO MG
BANDARRA SALINAS MG
BARAUNA INÓX ALHANDRA PB
BASSI BÁLSAMO SANTA MARIANA PR
BASSI OURO SANTA MARIANA PR
BASSI PRATA SANTA MARIANA PR
BATISTA OURO SACRAMENTO MG
BATISTA PRATA SACRAMENTO MG
BEM ME QUER AMBURANA PITANGUI MG
BEM ME QUER OURO PITANGUI MG
BEM ME QUER PRATA PITANGUI MG
BOAZINHA SALINAS MG
BOCAINA LAVRAS MG
BOLA DA VEZ OURO OURO BRANCO MG
BOLA DA VEZ PRATA OURO BRANCO MG
BRASILCHIK AMBURANA BRAGANÇA PAULISTA SP
BRASILCHIK BRANCA BRAGANÇA PAULISTA SP
BRASILCHIK CARVALHO BRAGANÇA PAULISTA SP
CAIALUA PRATA FORMOSA DE GOIÁS GO
CANABELLA JEQUITIBÁ PARAIBUNA SP
CANABELLA OURO PARAIBUNA SP
CANABELLA PRATA PARAIBUNA SP
CANARINHA SALINAS MG
CARAÇUIPE EXTRA PREMIUM CAMPO ALEGRE AL
CARAÇUIPE OURO CAMPO ALEGRE AL
CARAÇUIPE PRATA CAMPO ALEGRE AL
CARAGUATAÍ PRATA JUSSIAPÉ BA
CASA BUCCO AMBURANA BENTO GONÇALVES RS
CASA BUCCO BÁLSAMO BENTO GONÇALVES RS
CASA BUCCO EXTRA PREMIUM BENTO GONÇALVES RS
CATARINA RESERVA DRACENA SP
CATARINA ÚNICA DRACENA SP
CEDRO DO LÍBANO PREMIUM SÃO GONÇALO DO AMARANTE CE
CLAUDIONOR JANUÁRIA MG
COBIÇADA DA PARAÍBA AMBURANA SERRARIA PB
COBIÇADA DA PARAÍBA CRISTAL SERRARIA PB
COBIÇADA DA PARAÍBA PREMIUM SERRARIA PB
COLOMBINA 10 ANOS ALVINOPOLIS MG
COLOMBINA 3 ANOS ALVINOPOLIS MG
COLOMBINA CRISTAL ALVINOPOLIS MG
COMPANHEIRA ENVELHECIDA 8 ANOS JANDAIA DO SUL PR
COQUEIRO OURO PARATY RJ
COQUEIRO PRATA PARATY RJ
DA TORRE CARVALHO AMPARO SP
DA TORRE DESCANSADA (BRANCA) AMPARO SP
DA TULHA OURO MOCOCA SP
DA TULHA PRATA MOCOCA SP
DAMA DA NOITE CARVALHO LEME DO PRADO MG
DE LA VEGA OURO BRANCO MG
DO ANJO SANTA RITA DE CALDAS MG
DO BONITO OURO OURO FINO MG
DO BONITO PRATA OURO FINO MG
DO CHEFE CARVALHO OURO BRANCO MG
DOM BRÉ AMBURANA GUARANI MG
DOM BRÉ EXTRA PREMIUM CARVALHO GUARANI MG
DON JUAN OURO FRANCISCO BELTRÃO PR
DONA FILÓ NATIVIDADE DA SERRA SP
DOSE CLÁSSICA SÉRIE CRISTAL ARACRUZ ES
DOSE CLÁSSICA SÉRIE OURO ARACRUZ ES
ENGENHO CENTRAL BLEND ITIRAPUÃ SP
ENGENHO DA CANA OURO OURO BRANCO MG
ENGENHO SÃO LUIZ EXTRA AMBURANA LENÇOIS PAULISTA SP
ENGENHO SÃO LUIZ EXTRA AMENDOIM LENÇOIS PAULISTA SP
ENGENHO SÃO LUIZ EXTRA PREMIUM LENÇOIS PAULISTA SP
ESPÍRITO DE MINAS OURO SÃO TIAGO MG
FAZENDA SOLEDADE PURA NOVA FRIBURGO RJ
FLOR DA MANTIQUEIRA SANTOS DUMONT MG
FOGO DA CANA OURO BRAÇO DO TROMBUDO SC
FORMOSA OURO FORMOSA DE GOIAS GO
FRAZÃO AMBURANA PITANGUI MG
GOGÓ DA EMA SUBLIME SÃO SEBASTIÃO AL
GOGÓ DA EMA TRADICIONAL SÃO SEBASTIÃO AL
GREGÓRIO ALAGOA GRANDE PB
HARMONIE SCHNAPS BLEND HARMONIA RS
HARMONIE SCHNAPS ENVELHECIDA AMBURANA HARMONIA RS
HARMONIE SCHNAPS PRATA HARMONIA RS
INDIAZINHA FLECHA DE OURO ABAETETUBA PA
INDIAZINHA FLECHA DE PRATA ABAETETUBA PA
INDIAZINHA FLECHA DE RUBI ABAETETUBA PA
IPUEIRA CARVALHO IPUEIRAS PB
IPUEIRA CRISTAL IPUEIRAS PB
IPUEIRA UMBURANA IPUEIRAS PB
ITAJOANA RÓTULO PRETO TRÊS RIOS RJ
JECEABA PADRÃO JECEABA MG
JECEABA PREMIUM JECEABA MG
JIBÓIA RIO BRANCO AC
JOÃO MENDES OURO PERDÕES MG
JOÃO MENDES PRATA PERDÕES MG
LEANDRO BATISTA IVOTI RS
LEBLON SIGNATURE MERLET PATOS DE MINAS MG
LEGÍTIMA DE MINAS AMBURANA OURO BRANCO MG
LEGÍTIMA DE MINAS CARVALHO OURO BRANCO MG
LIRA TERESINA PI
LUKANA PREMIUM OURO PRETO MG
MACENA BRANCA SÃO VICENTE DE MINAS MG
MACENA OURO SÃO VICENTE DE MINAS MG
MAGNÍFICA ENVELHECIDA VASSOURAS RJ
MAGNÍFICA RESERVA SOLEIRA VASSOURAS RJ
MARGÔ OURO SALES DE OLIVEIRA SP
MARGÔ PRATA SALES DE OLIVEIRA SP
MARGÔ PREMIUM SALES DE OLIVEIRA SP
MARIA ANDANTE OURO PASSA QUATRO MG
MATO DENTRO PRATA SÃO LUIZ DO PARAITINGA SP
MATRIARCA BLEND CARAVELAS BA
MATRIARCA JAQUEIRA CARAVELAS BA
MATRIARCA PRATA CARAVELAS BA
MEIA LUA SALINAS MG
MENINA BRANCA ABSOLUTA SERRO MG
MIDDAS RESERVA DOS PROPRIETÁRIOS DRACENA SP
MINEIRIANA ENVELHECIDA AMBURANA ITABIRA MG
MINEIRIANA ENVELHECIDA CARVALHO ITABIRA MG
MINEIRIANA ENVELHECIDA PRATA ITABIRA MG
MIRACEMA ENVELHECIDA MIRACEMA RJ
MIRACEMA PRATA MIRACEMA RJ
MURANO OURO ITAVERAVA MG
MURANO PRATA ITAVERAVA MG
NOBRE AMBURANA SOBRADO PB
NOBRE BRANCA SOBRADO PB
OURO 1 EDIÇÃO ESPECIAL PAPAGAIOS MG
OURO 1 VELHA CARVALHO PAPAGAIOS MG
OURO MINEIRO PAPAGAIOS MG
PARAMIRIN OURO CHAPADA DIAMANTINA BA
PARAMIRIN PRATA CHAPADA DIAMANTINA BA
PARDIN 3 MADEIRAS NATIVIDADE DA SERRA SP
PÁTRIA AMADA OURO MOSSORÓ RN
PINGUELA PRATA FORMOSA DE GOIAS GO
PINISSILINA RESERVA CANTAGALO MG
PITÚ GOLD VITÓRIA DE SANTO ANTÃO PE
POÇO DA PEDRA BÁLSAMO CACULÉ BA
POÇO DA PEDRA JEQUITIBÁ ROSA CACULÉ BA
POÇO DA PEDRA PRATA CACULÉ BA
PORTAL DA BARACÉIA CARVALHO TAUBATÉ SP
PORTAL DA BARACÉIA UMBURANA TAUBATÉ SP
POUSO ALTINHO NATIVIDADE DA SERRA MG
PREMISSA SALINAS MG
PRIMEIRA DE MINAS OURO FARIA LEMOS MG
PRINCESA ISABEL AQUARELA LINHARES ES
PRINCESA ISABEL OURO LINHARES ES
PRINCESA ISABEL PRATA LINHARES ES
PROSA MINEIRA OURO AMBURANA SANTA RITA CALDAS MG
QUINTA DAS CASTANHEIRAS AMBURANA CAMANDUCAIA MG
QUINTA DAS CASTANHEIRAS JEQUITIBÁ CAMANDUCAIA MG
REFAZENDA XANXERÊ SC
REGUI BRASIL BRAÇO DO TRUMBUDO SC
RESERVA DO NOSCO 12 ANOS RESENDE RJ
RESERVA DO NOSCO 7 ANOS RESENDE RJ
RESERVA DO NOSCO PRATA RESENDE RJ
RESERVA DO ZITO OURO PASSAGEM FRANCA MA
RESERVA DO ZITO PRATA PASSAGEM FRANCA MA
RIO DO ENGENHO ACQUA BENTA ILHEUS BA
RIO DO ENGENHO RESERVA ILHEUS BA
SALINAS AMBURANA SALINAS MG
SALINAS CARVALHO SALINAS MG
SALINÍSSIMA BÁLSAMO TAIOBEIRA MG
SAMANAÚ OURO CAICÓ RN
SAMANAÚ PRATA CAICÓ RN
SANHAÇU CARVALHO CHÃ GRANDE PE
SANHAÇU FREIJÓ CHÃ GRANDE PE
SANHAÇU ORIGEM CHÃ GRANDE PE
SANHAÇU UMBURANA CHÃ GRANDE PE
SANTA ROSA INTENSE VALENÇA RJ
SANTA TEREZINHA ARTES MARECHAL FLORIANO ES
SANTA TEREZINHA SASSAFRÁS SÉRIE GOURMET MARECHAL FLORIANO ES
SANTO GRAU CORONEL XAVIER CHAVES CEL XAVIER CHAVES MG
SANTO GRAU ITIRAPUÃ ITIRAPUÃ SP
SANTO GRAU P.X. ITIRAPUÃ SP
SANTO GRAU PARATY PARATY RJ
SANTO GRAU VELHA GUARDA ITIRAPUÃ ITIRAPUÃ SP
SANTO GRAU VELHA GUARDA PARATY PARATY RJ
SÃO PAULO AMBURANA CRUZ DO ESPÍRITO SANTO PB
SAPUCAIA 18 ANOS PIRASSUNUNGA SP
SAPUCAIA CRISTAL PIRASSUNUNGA SP
SAPUCAIA X.O. PIRASSUNUNGA SP
SAUDADE PURA AMBURANA MACEIÓ AL
SAUDADE PURA OURO III MADEIRAS MACEIÓ AL
SAUDADE PURA PRATA CLÁSSICA MACEIÓ AL
SEBASTIANA 2 BARRICAS AMÉRICO BRASILIENSE SP
SEBASTIANA CARVALHO SIGLE BARREL AMÉRICO BRASILIENSE SP
SEBASTIANA CASTANHEIRA AMÉRICO BRASILIENSE SP
SÉCULO XVIII (RÓTULO AZUL) CEL XAVIER CHAVES MG
SÉCULO XVIII (RÓTULO VERMELHO) CEL. XAVIER CHAVES MG
SELETA PRATA SALINAS MG
SERRA DAS ALMAS CARVALHO RIO DE CONTAS BA
SERRA DAS ALMAS INÓX RIO DE CONTAS BA
SERRA LIMPA OURO DUAS ESTRADAS PB
SERRA MORENA OURO BELO VALE MG
SERRA MORENA PRATA BELO VALE MG
SERRA PRETA PRATA ALAGOA NOVA PB
SOLEDADE IPÊ NOVA FRIBURGO RJ
SOLEDADE UMBURANA NOVA FRIBURGO RJ
TAIO BÁLSAMO TAIOBEIRAS MG
TAVERNA DE MINAS AMBURANA ITAVERAVA MG
TAVERNA DE MINAS CARVALHO ITAVERAVA MG
TAVERNA MINEIRA 3 MADEIRAS ITAVERAVA MG
TELLURA AMBURANA CAMPO DOS GOYTACAZES RJ
TELLURA JEQUITIBÁ CAMPO DOS GOYTACAZES RJ
TELLURA PRATA CAMPO DOS GOYTACAZES RJ
TERRAS DE KUBERA UBERABA MG
TIÊ OURO AIURUOCA MG
TIÊ PRATA AIURUOCA MG
TIZIU JAQUEIRA SALINAS MG
TRIUMPHO ARTESANAL TRIUNFO PE
TRIUMPHO ARTESANAL ENVELHECIDA TRIUNFO PE
TRIUNFO UMBURANA AREIA PB
UNNA SALINAS MG
VALE DO RIACHÃO AMBURANA SUCUPIRA DO RIACHÃO MA
VALE DO RIACHÃO CARVALHO SUCUPIRA DO RIACHÃO MA
VALE DO RIACHÃO JEQUITIBÁ SUCUPIRA DO RIACHÃO MA
VANDERLEY AZEVEDO BÁLSAMO ITUIUTABA MG
VANDERLEY AZEVEDO GOLD ITUIUTABA MG
VANDERLEY AZEVEDO PRATA ITUIUTABA MG
VECCHIO ALBANO EXTRA PREMIUM TORRINHA SP
VECCHIO ALBANO PREMIUM TORRINHA SP
VELHA CHICA OURO IVOTI RS
VELHOS TEMPOS ENV EM AMBURANA BARRINHA SP
VELHOS TEMPOS ENVELHECIDA EM CARVALHO BARRINHA SP
VELHOS TEMPOS PRATA BARRINHA SP
VIEIRA & CASTRO OURO CARVALHO RIO DAS FLORES RJ
VIEIRA & CASTRO PRATA TRADICIONAL RIO DAS FLORES RJ
VOLÚPIA DIAMANTE ALAGOA GRANDE PB
WEBER HAUS 7 MADEIRAS IVOTI RS
WEBER HAUS AMBURANA IVOTI RS
WEBER HAUS EXTRA PREMIUM 6 ANOS IVOTI RS
WERNECK OURO RIO DAS FLORES RJ
WERNECK RESERVA ESPECIAL RIO DAS FLORES RJ
WERNECK TRADICIONAL RIO DAS FLORES RJ
WIBA! BLEND DE CARVALHOS TORRE DE PEDRA SP
YPIOCA 150 FORTALEZA CE
YPIOCA 5 CHAVES FORTALEZA CE
YPIOCA OURO FORTALEZA CE
ZÉ DO CAIXÃO PIRASSUNUNGA SP

Seleção dos Especialistas

A segunda fase do maior concurso de cachaças do planeta começa na próxima semana. É a Seleção dos Especialistas. A lista das Cachaças Mais Queridas será enviada, em breve, para 50 profissionais especializados em Cachaça atuantes no mercado – os nomes serão divulgados em breve.

Os integrantes desse seleto painel indicarão aquelas que, em sua visão, são as melhores e mais representativas cachaças da lista. As 50 cachaças mais citadas seguem para a fase final, a Degustação às Cegas.

Aí, será a vez de os 12 cúpulos entrarem em campo para provar as cachaças e construírem o IV Ranking Cúpula da Cachaça.

A etapa decisiva é realizada pelos integrantes da Cúpula da Cachaça – um grupo de profissionais de diferentes formações ligados ao universo da cachaça que reuniram forças em janeiro de 2013 para promover iniciativas de valorização do destilado nacional.

O encontro será na Cachaçaria Macaúva – o bar com a melhor carta de cachaças do país, segundo a Prazeres da Mesa –, em Analândia (SP) durante três dias. As cachaças – fornecidas pela distribuidora Solution Comercial – serão retiradas da garrafa, numeradas e degustadas pelos jurados, que darão notas para quesitos visuais, olfativos, de paladar e de conjunto.

As cachaças serão ranqueadas, divididas por três categorias:

a) cachaças que não passam por madeira;

b) cachaças armazenadas e envelhecidas

c) cachaças premium e extra-premium.

A cachaça com melhor pontuação entre as três categorias receberá o título de Cachaça do Ano. No Ranking anterior, esse título ficou com a Cachaça Vale Verde 12 Anos, de Betim (MG), vencedora da categoria Ouro. Na categoria Brancas, a maior pontuadora foi a Princesa Isabel Aquarela.

 

Cúpula torna-se membro efetivo da Câmara Setorial da Cachaça

Posted by | Blog | No Comments

cupula-da-cachaca_logo (2)A Cúpula da Cachaça foi eleita para ocupar uma cadeira de membro efetivo da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça, órgão de consulta ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A eleição foi realizada durante a 59ª reunião ordinária do órgão, em Brasília, na manhã dessa quarta-feira (04/11).

A instituição, formada por especialistas de diversas áreas e dedicada a iniciativas de difusão e valorização da Cachaça, já compunha a Câmara desde 2013, na qualidade de convidada permanente. Ao assumir uma das 25 cadeiras de membro permanente, a Cúpula passa a ter direito a voto nas deliberações do órgão.

A Confraria do Copo Furado e a Universidade Federal de Lavras foram as outras duas entidades admitidas como membros efetivos.

“Nossa responsabilidade aumenta ainda mais. Sempre participamos efetivamente das discussões mais importantes que se travam na Câmara e em todo o setor. Essa eleição é um reconhecimento da nossa colaboração. Queremos ajudar a construir um setor mais unido, em colaboração com todas as entidades atuantes no universo da Cachaça, e traçar estratégias unificadas e realistas contra os entraves ao desenvolvimento da nossa cadeia produtiva”, disse o presidente da Cúpula da Cachaça, Manoel Agostinho Lima Novo, após a reunião.

 

_MG_2349

IV Ranking Cúpula da Cachaça: votação começa em 13 de setembro

Posted by | Blog | No Comments

No dia 13 de setembro recomeça o processo que mobiliza todo o mundo da cachaça: o Ranking Cúpula da Cachaça. E esse ano o concurso vem com novidades, apesar de, em sua essência, repetir a fórmula vitoriosa das três edições anteriores.

Os objetivos do Ranking Cúpula da Cachaça são a busca de maior visibilidade para o setor de cachaças, atraindo interesse da mídia e de potenciais apreciadores, e incentivar a produção de qualidade.

Mais uma vez, o certame de cachaças mais abrangente do país terá três fases.

A primeira fase – que mobilizou mais de 43 mil votantes dois anos atrás! – é a Votação Popular, na qual os apreciadores de cachaça de todo o país poderão escolher, entre os 4 mil rótulos à disposição no mercado, a sua cachaça favorita.

Esse é o momento de todos os produtores mobilizarem os fãs de sua cachaça e levá-la à segunda fase. Essa fase se estenderá até o dia 28 de novembro, tempo suficiente para uma boa campanha que impulsione as marcas e dê visibilidade para todo o nosso setor.

As mais votadas entre os apreciadores, que votarão em um site próprio, comporão a lista das 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil. Lembramos, mais uma vez, que o Ranking Cúpula da Cachaça não tem inscrições. Todas as cachaças legalizadas do país podem ser votadas.

A segunda fase é a Seleção dos Especialistas. E aí haverá uma novidade este ano. Para que o Ranking seja cada vez mais representativo do que de fato acontece no mercado, o painel de jurados será ampliado em relação aos anos anteriores.

A ideia é que a Seleção seja cada vez mais um espelho do que acontece, de fato e no momento atual, nos locais de consumo de cachaça. Os membros da Cúpula, pela primeira vez, não farão parte do painel da segunda fase. Nas edições anteriores, apenas cúpulos que poderiam ter conflitos de interesse se abstinham de votar. Dessa vez, a seleção ficará completamente a cargo dos convidados, um grupo seleto cujos nomes serão divulgados em novembro.

Esses craques da cachaça determinarão, entre as 250 cachaças que passarem pela primeira fase, as 50 cachaças que irão à fase decisiva, a Degustação às Cegas, da qual só participarão os cúpulos. Os profissionais do grupo se reunirão nos dias 6,7 e 8 de março de 2020 e ranquearão as cachaças.

Nesta edição, as cachaças serão divididas em três categorias no ranking:

a) cachaças que não passam por madeira;

b) cachaças armazenadas e envelhecidas;

c) cachaças premium e extra-premium.

Lembrando o que diz a IN13: cachaças envelhecidas são aquelas que “contêm, no mínimo, 50% (cinqüenta por cento) de Cachaça ou Aguardente de Cana envelhecidas em recipiente de madeira apropriado, com capacidade máxima de 700 (setecentos) litros, por um período não inferior a 1 (um) ano”. Cachaças premium são as que contêm 100% de cachaça envelhecida em madeira por mais de um ano. E extra-premium as que contêm 100% de cachaça envelhecida em madeira por mais de três anos.

Como sempre, as notas conferidas pelos jurados nos vários quesitos passará por tratamento estatístico e o resultado será divulgado pela imprensa. Nas edições anteriores, o Ranking mereceu chamada de capa no Estadão. Contamos com a mobilização de todos para repetir esse momento de visibilidade ímpar para o destilado nacional brasileiro.

Dessa vez também, atendendo a um pedido de muitos produtores, criaremos um selo específico para o Ranking, que poderá ser usado pelas cachaças finalistas.

“Temos muito orgulho do Ranking porque ele é democrático. Quem quiser participa na votação e grandes especialistas colaboram na segunda fase. Por isso que o Ranking não é da Cúpula, é de todo o setor de cachaça”, diz o presidente da Cúpula da Cachaça Manoel Agostinho Lima Novo.

Cúpula da Cachaça realiza seu sétimo encontro anual

Posted by | Blog | No Comments

cupula da cachaça 2019

A Cúpula da Cachaça realiza seu sétimo encontro anual, entre os dias 22 e 24 próximos, em Analândia (SP). Os 11 integrantes do grupo de especialistas dedicado a iniciativas em prol do destilado nacional discutirão temas importantes e definirão projetos para colaborar na luta pelo desenvolvimento do setor.

Na pauta do encontro, o destaque é para o debate sobre as alterações previstas na Instrução Normativa 13 (IN13), que regulamenta os padrões de qualidade e identidade da cachaça e da aguardente de cana. A proposta de utilização de caramelo e chips de madeira na produção da cachaça também será discutida nas mesas redondas que se estenderão pelos três dias do encontro.

Os debates serão no Chalé Macaúva, local que reúne pousada, alambique e cachaçaria. As sessões têm apenas a presença dos cúpulos. Porém, após 19h, a Cachaçaria Macaúva, que tem uma das melhores cartas de bebidas do Brasil (segundo a revista ‘Prazeres da Mesa’), estará aberta e os cúpulos, devotos, produtores e demais apreciadores de cachaça estarão confraternizando, trocando ideias sobre o nosso destilado e experimentando os sabores da cachaça, como acontece todos os anos. Estão todos convidados.

Também durante o encontro, a Cúpula escolherá sua nova diretoria – que atualmente é formada por Maurício Maia, na presidência, e Manoel Agostinho Lima Novo, na secretaria – para o próximo biênio e planejará a edição da Cachaça em Revista, que será lançada em junho, e o IV Ranking Cúpula da Cachaça, cuja primeira fase tem início em setembro próximo.

A Cúpula da Cachaça é formada por profissionais com longa folha de serviços prestados ao destilado nacional. Seus atuais integrantes efetivos são: Milton Lima, proprietário do Chalé Macaúva; Manoel Agostinho Lima Novo, consultor e palestrante; Maurício Maia, chef, publicitário e cachacier; Leandro Batista, sommelier; Leandro Marelli, tecnólogo de bebidas; Glauco Mello Jr., engenheiro químico; Dirley Fernandes, editor do site ‘Devotos da Cachaça’; Erwin Weimman, químico; Sidnei Maschio, jornalista do Terraviva; Nelson Duarte, master blender; e Derivan Ferreira, bartender.

III Ranking Cúpula da Cachaça – resultados oficiais

Posted by | Blog | No Comments

_MG_2349A Cúpula da Cachaça tem o prazer de anunciar os resultados oficiais do III Ranking Cúpula da Cachaça. A primeira colocada na categoria Branca foi a cachaça Princesa Isabel Aquarela, de Linhares (ES). A primeira colocada na categoria Ouro foi a Vale Verde 12 Anos, de Betim (MG).

A Vale Verde 12 Anos, por ter alcançado a maior pontuação entre os 50 rótulos que chegaram à terceira fase – 88,4 pontos, numa escala de zero a cem – , recebeu o título de ‘Cachaça do Ano’

A Cúpula da Cachaça gostaria de parabenizar a todos os produtores participantes, aos colaboradores e aos apoiadores – Paladar Estadão, Chalé Macaúva e Solution Comercial – e agradecer o apoio a essa iniciativa que tem por objetivo dar maior visibilidade à categoria Cachaça e fomentar a produção de qualidade.

A terceira edição do Ranking Cúpula da Cachaça teve início no dia 7 de setembro do ano passado. A primeira fase – a Votação Popular – mobilizou todo o setor de cachaças do país, em campanhas pelas redes sociais que obtiveram mais de 200 mil visualizações.

A votação se encerrou no dia 7 de novembro, atingindo a expressiva marca de 43.176 votantes, validados por CPF.

O grupo de 250 eleitas da primeira fase – as Cachaças Mais Queridas do Brasil – abrangeu representantes dos estados de São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Sergipe, Maranhão, Alagoas, Rio Grande do Sul, Goiás, Espírito Santo, Pará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e até Distrito Federal.

Na segunda fase, um grupo formado por 40 dos maiores especialistas de cachaça do país se juntou aos oito cúpulos que não têm ligação direta com produtores para formar a  Seleção dos Especialistas, composta de 50 rótulos.

A Seleção dos Especialistas formou o grupo de cachaças ranqueadas.

Os 12 componentes da Cúpula se reuniram nos dias 26 e 27 de janeiro, no Chalé Macaúva, em Analândia (SP), e em dez baterias de degustação às cegas, deram notas a quesitos separados por critérios visuais, olfativos, gustativos e de personalidade para as 50 cachaças finalistas.

Após a tomada de notas, as fichas de degustação passaram por tratamento estatístico*.

O resultado foi entregue para a jornalista do Paladar Estadão, parceiro de mídia da Cúpula no III Ranking Cúpula da Cachaça e foram publicados na noite de quarta-feira, 31 de janeiro, na edição online do jornal, e na quinta-feira, na edição impressa, com chamada de capa no alto da primeira página.

Com isso, a Cúpula dá por encerrado o III Ranking, cujo detalhamento será feito na nova edição da Cachaça em Revista, a ser lançada entre o fim de maio e o início de junho próximos, e convoca a todos para o IV Ranking Cúpula da Cachaça, com início em setembro de 2019.

Resultados do III Ranking Cúpula da Cachaçaranking

Brancas

1. Princesa Isabel Aquarela (3 anos em Jequitibá ) – Linhares (ES) – 82,7

2. Sanhaçu Freijó (2 anos) – Chã Grande (PE) – 76

3. Tiê Prata (inox) – Aiuruoca (MG) – 74

4. Século XVIII Rótulo Azul (Inox) – Cel. Xavier Chaves (MG) – 72,9

5. Volúpia (1 ano em freijó) – Alagoa Grande (PB) – 72,23

6. Engenho São Luiz Amendoim (seis meses em amendoim) – Lençóis Paulista (SP) – 72,17

7. Reserva do Nosco Prata (inox) – Resende (RJ) – 70,8

8. Serra Limpa (6 meses em freijó) – Duas Estradas (PB) – 70,5

9. Coqueiro Prata (2 anos em amendoim) – Paraty (RJ) – 68,2

10. Da Quinta Branca (inox) – Carmo (RJ) – 67,9

11. Caraçuípe Prata (6 meses no jequitibá) – Campo Alegre (AL) – 67,7

12. Nobre (inox) – Sobrado (PB) – 66,5

13. Engenho Pequeno (2 anos no jequitibá rosa) – Pirassununga (SP) – 65,7

14. Sebastiana Cristal (3 meses em inox) – Américo Brasiliense (SP) – 61,7

 

Ourocupula-da-cachaca_logo (2)

1 – Vale Verde 12 anos (carvalho) – Betim (MG) – 88,4

2 – Magnífica Reserva Soleira (carvalho, entre 3 e 10 anos) – Vassouras (RJ) – 87,9

3 – Companheira Extra Premium (8 anos em carvalho) – Jandaia do Sul (PR) – 87,3

4 – Sebastiana Carvalho (3 anos em carvalho) – Américo Brasiliense (SP) – 85,6

5 – Weber Haus Extra Premium Lt. 48 (5 anos em carvalho) – Ivoti (RS) – 85,5

6 – Weber Haus Amburana (1 ano em umburana) – Ivoti (RS) – 85,2

7 – Casa Bucco Envelhecida (6 anos em carvalho e bálsamo) B. Gonçalves (RS) – 84,5

8 – Leandro Batista (1 ano em canela, bálsamo e sassafrás) Ivoti (RS) – 84,2

9 – Middas Reserva (2 anos em carv. francês, americano e amburana) – Adamantina- SP – 84,1

10 – Canarinha (2 anos em bálsamo) – Salinas (MG) – 83,9

11 – Werneck Safira Régia (4 a 5 anos no carvalho) – Rio das Flores (RJ) – 83,5

12 – Weber Haus Premium 7 Madeiras (2 anos em carvalho francês, carvalho americano, bálsamo, cabriúva, amburana, grápia, canela sassafrás) – Ivoti (RS) – 83,3

13 – Engenho São Luiz Extra Premium (3 meses em carvalho) – Lençóis Paulista (SP) – 82,6

14 – Authoral Gold (carvalho, francês, bálsamo e cerejeira) – Brasília (DF) – 82,1

15 – Cedro do Líbano (1 ano no carvalho americano) – São Gonçalo do Amarante-CE – 81,3

16 – Werneck Ouro (2 anos em carvalho) – Rio das Flores (RJ) – 81

17 – Anísio Santiago/Havana (8 anos no bálsamo) – Salinas (MG) – 80,9

18 – Tabúa Flor de Ouro Exportação (5 anos no bálsamo) – Taiobeiras (MG) – 79,4

19 – Indiazinha Flecha de Ouro (amburana e castanheira) – Abaetetuba (PA) – 79,3

20 – Princesa Isabel Jaqueira – Linhares (ES) – 78,2

21 – Claudionor (1 ano em umburana) – Januária (MG) – 77,9

22 – Da Tulha Ouro (3 anos em carvalho) – Mococa (SP) – 76,8

23 – Da Quinta Amburana (1 ano em amburana) – Carmo (RJ) – 76,2

24 – Santo Grau Solera PX (carvalho usado em vinho jerez) – Itirapuã (SP) – 76,1

25 – Sanhaçu Umburana (2 anos) – Chã Grande (PE) – 76

26 – Pardin 3 Madeiras (carvalho, amburana e jequitibá) – Camanducaia (MG) – 75,2* (desempate pela maior nota no critério ‘gustativo’)

27 – Porto Morretes Premium (3 anos em carvalho) – Morretes (PR) – 75,2*

28 – Leblon (6 meses em carvalho) – Patos de Minas (MG) – 74,6

29 – Havaninha (6 anos em bálsamo) – Salinas (MG) – 73,7

30 – Colombina 10 anos (jatobá) – Alvinópolis (MG) – 72,8

31 – Magnífica Envelhecida (2 anos no carvalho) – Vassouras (RJ) – 72,3

32 – Matriarca Ouro Jaqueira (2 anos) – Caravelas (BA) – 69,7

33 – Santo Grau Solera Cinco Botas (carvalho utilizado em vinho Jerez) – Itirapuã (SP) – 69,1

34 – Santo Grau Itirapuã (carvalho e jequitibá) – Itirapuã (SP) – 68,8

35 – Sebastiana Castanheira (1 ano) – Américo Brasiliense (SP) – 67,6

36 – Saliníssima (2 anos em Bálsamo) – Salinas (MG) – 64

*O procedimento estatístico foi feito a partir da média aritmética das notas, da qual foi retirada a variância e  em seguida o desvio padrão. Em seguida, foi feita a soma do dobro do desvio à média, encontrando-se o limite máximo, e a subtração da média duas vezes para encontrar o limite mínimo, expurgando-se as notas acima do limite máximo, ou abaixo do minimo e fazendo uma nova média com as notas compreendidas na tendência central. Um último expurgo, das notas dadas pelos cúpulos na degustação às cegas para aquelas cachaças na qual eles tinham qualquer envolvimento na produção, foi efetivado antes da definição da nota final.

 

 

VI Cúpula da Cachaça e III Ranking Cúpula da Cachaça começam nesta sexta

Posted by | Blog | No Comments

rankingA terceira e definitiva fase – a Degustação às Cegas – do maior concurso de cachaças do país, o III Ranking Cúpula da Cachaça, acontece entre os dias 26 e 28 de janeiro, em Analândia (SP).

Na primeira fase, a Votação Popular, 43 mil pessoas votaram para escolher as 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil. Na segunda fase, 50 especialistas no destilado nacional brasileiro selecionaram as 50 finalistas, que agora passarão pelo crivo dos 12 membros efetivos da Cúpula da Cachaça, profissionais de diversas formações com décadas de serviços prestados à marvada. Os objetivos do Ranking são dar visibilidade à categoria Cachaça e fomentar a produção de qualidade do setor.

Os 12 membros da Cúpula, grupo formado em 2013 e dedicado a iniciativas de valorização do destilado nacional brasileiro, se reunirão para a degustação às cegas e analisarão aspectos visuais, olfativos e sensoriais de cada uma das 50 cachaças, estabelecendo pontuações para uma série de quesitos. A média ponderada dessas notas, tratada pelo estatístico André Gomes Carneiro, irá estabelecer o ranqueamento em duas categorias: brancas e envelhecidas.

O resultado será publicado pelo Paladar Estadão, apoiador da iniciativa, ao lado da Solution Comercial e do Chalé Macaúva, em sua edição da próxima quinta-feira (01/02).

O Ranking é parte da VI Cúpula da Cachaça, que, além do concurso, promoverá uma série de discussões sobre iniciativas pela valorização do destilado nacional brasileiro. Entre os temas discutidos, estarão a cultura da cachaça e como fazer a informação sobre a cachaça chegar ao consumidor.

A sede do encontro é a Cachaçaria Macaúva, várias vezes premiada pela sua Carta de Cachaças, a melhor do país. Durante o encontro, as noites do Macaúva têm programação especial e é local, à noite, de muitas e ótimas prosas sobre cachaça.

No I Ranking, a cachaça Vale Verde 12 Anos (Betim-MG) se sagrou vencedora; no segundo, a paranaense Porto Morretes.

Clique aqui e conheça mais sobre os cúpulos.